Home About Afiliação? Afiliados Reviews Tutoriais Extras +Follow

26 julho 2014

Sukitte Ii Na Yo ~ Anime

Heey, neutros!
Quanto tempo. Desculpe-me pelo meu pequeno sumiço, mas tive uma semana bastante agitada e bem, acabei de assistir A Culpa é Das Estrelas, não irei fazer review, porque minha opinião continua a mesma que tive com o livro, tem a resenha aqui pra quem estiver interessado - e eu queria ter assistido Malévola, mas já tinha saído de exibição ç.ç -. Então, hoje vou falar um pouco sobre um anime que todo mundo conhece e que com certeza, todo mundo viu. Sukitte Ii Na Yo. A obra é de autoria de Kanae Hazuki e recebeu uma adaptação pelo estúdio ZEXCS com 13 episódios. O anime não tem um final propriamente dito, mas mesmo assim vale a pena assistir e quem sabe depois até mesmo continuar pelo mangá. É uma história com bastante romance, superação e, claro, clichês.
Mei Tachibana é uma estudante de 16 anos bastante quieta e tímida. Por causa de um acidente na sua infância, não consegue confiar em ninguém, o que faz com que ela não tenha amigos e muito menos um namorado. Ao se encontrar com Yamato Kurosawa, um garoto popular, ele se interessa por ela e é através das tentativas do garoto de se tornar seu amigo que Mei começa a acreditar novamente nas pessoas.

Antes de mais nada... Saudades de quando eu assistia mais Shoujos, mas ultimamente só estou preferindo sangue e mortes -q Enfim, como normalmente acontece em clichês românticos o garoto popular, lindo e inteligente da escola se apaixona perdidamente pela garota excluída e quieta. Isso já aconteceu em todos, se não a maioria dos shoujos. Exemplo: Kimi ni Todoke e Itazura na Kiss. E claro, como TODOS os shoujos, tem sempre algum ensinamento e em Sukitte Ii na Yo é a mesma coisa, mas trata de assuntos como bullying e solidão. Porém o diferencial, é a sua narração.


Bem, no mangá o enredo é mais voltado para temas como sexo na adolescência e tals, mas no anime não há muito disso. A história começa quando Mei acaba acertando Yamato com um chute achando que era ele que estava mexendo em sua saia enquanto ela subia as escadas, a partir daí o Yamato começa a se interessar por ela e deixa claro desde o princípio esse sentimento. Mas a Mei é muito fechada e dificilmente demonstra o que sente como gostaria e conforme ela consegue se socializar mais, a menina vai demonstrando o quanto gosta do Yamato. Mesmo assim, sentindo uma dificuldade enorme em colocar em palavras.

A Mei como notaram é uma estudante bastante na dela, simplesmente pelo o que lhe aconteceu no passado. Ela tem medo de se machucar novamente. E o Yamato é o típico garoto popular que se dá bem com todo mundo e todas as meninas querem pegar shuahs' Mas o inesperado é que conforme o relacionamento dele com a Mei vai se tornando mais sólido, ele comete muitos erros, o que mostra que apesar de toda a sua popularidade ele nunca teve um relacionamento sério antes. Ou seja, ambos são amadores nesse quesito, o que ocasiona muitas cenas engraçadas.

A história em si trata de muitos assuntos que envolvem vários personagens, então quem vê acaba se identificando com algum deles. Muita coisa tem relação com o dia a dia e envolve assuntos pessoais. Dizem que no mangá, a autora consegue transparecer seus sentimentos de uma forma que te prende cada vez mais na história, não sei se no anime eu senti algo parecido, pois muitas partes foram cortadas e retiradas. Achei que tudo aconteceu muito rápido D:
Sukitte Ii Na Yo apesar de ter um traço muito esquisito, os personagens são cumpridos e parecem aqueles bonequinhos palito (achei muito estranho e.e), o que pode afastar algumas pessoas, tem um ótimo enredo e designer, a trilha sonora é realmente muito boa! Posso dizer que é boa série, sem algo chamativamente diferente, mas em alguns pequenos detalhes.
Se você estiver procurando um Shoujo diferente, sem os incontáveis clichês, não recomendo Sukitte Ii Na Yo, but... Se você ama o gênero e ainda não viu, recomendo. Ainda mais se gostou de Kimi ni Todoke, irá amar esse. E como todo o anime trata, será que o amor é capaz de mudar alguém?
Até ;3

Você pode baixar aqui!

12 comentários:

  1. Eu aqui sentindo-me renegada por já ter visto tantos shoujos e esse não ser um deles >.< Kimi ni todoke não é dos meus favoritos e também não sou a maior fã de clichés, mas já queria ver esse faz algum tempo. Porém, estou mais tentada a ler o mangá, tenho a certeza de que o desenvolvimento da trama e das personagens é muito melhor aprofundado lá. Eles de facto são um bocado esticados, mas mesmo assim, eu até gosto do traço, nomeadamente da cara. Nunca imaginaria que o Yamato ainda é amador, agora simpatizo muito mais com ele ^^ Você faz ótimas resenhas, devia postar mais vezes :) Jaa ne!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Acho que este foi um dos mais vistos. Saquei, a história é muito boa apesar de todos os clichês e tals. Com certeza, eu cheguei a ler o começo do mangá e o desenvolvimento lá é muito melhor detalhado, não acontece do nada como no anime. Eu ainda acho esse traço meio esquisito shaus' e.e
      Tentarei ficar mais presente! Obrigada <3

      Excluir
  2. Yooo beleza!?
    Eu acho que fui a única que não viu/leu a culpa das estrelas (não curto histórias sofridas), enfim, saudades eternas de Sukitte ii na Yo acho que vou revê-lo ou lerei desde o começo o mangá,pois só li o mangá onde conta a história posterior ao anime.
    Bom em questão de gráfica achei o anime muito bom assim como o mangá,achei lindo o traço da mangaká *-----------* me apaixonei por completo >/////<.Bom de fato o anime contém os seus clichês,mas como sou uma grande amante de shoujos isso pouco me importa acabo me divertindo igual (confesso que até nutro uma certa queda por clichês,é claro,contanto que não seja exagerado).
    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey! De boas e você?
      Acho que você foi a única mesmo shuasa' Sei como é ter saudades de um anime ç.ç
      É questão de opinião e gosto, eu ainda acho meio esquisito shuasha' Entendo, os shoujos sempre tem os seus costumeiros clichês, mas sempre acabamos gostando deles shaush'
      Até! <3

      Excluir
  3. Do inicio a um poco antes do final, eu achei o Yamato muito egoísta, não gostava mesmo dele. Mas depois de muita luta e paciência ele conseguiu abrir os olhos e perceber o que estava a sua frente e o que ele estava fazendo. A Mei é muito fofa e eu realmente gostei da personagem.
    Concordo o design dos personagens ficou bem esquisito, acho que eles estão melhor no mangá kkkkkkkkkkkkk.
    Um abraço Tane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele era meio tapado shausha' As vezes, ele fazia algumas coisas muito sem... como posso dizer? Sem pensar? Talvez seja isso. Ele queria ser legal com todo mundo, mas acabava machucando a Mei. Sim, ela é muito legal ;3
      hsauhsau' Também acho e.e
      Até lol

      Excluir
  4. Olá tane! Quanto tempo ^^
    primeiro queria dizer que amei o post, você escreve maravilhosamente bem! :) foi muito gostoso ler sua opinião sobre o anime, por mais que eu já tenha assistido. *o*
    sukitte ii na yo tem seus clichês e muitos! Mas não deixa de ser bom, na verdade gosto como os dois se desenvolvem como casal, principalmente a Mei. O carinho dos dois, tudo isso é muito fofo :3
    é bem simples o relacionamento dos dois no anime, mas eu gosto dessa simplicidade (:
    beijos ~
    sonho-oriental

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey! Sim, já faz um tempo ;3
      Sério? Obrigada, fico feliz com isso *u*
      Concordo com você. Os dois formão um casal muito fofo hsuasha'
      Até!

      Excluir
  5. Hello >.<
    Pra ser sincera ,não curti tanto assim esse anime o.O , não , na verdade eu gostei , mas é como se fosse apenas mais um shoujo sabe ? e-e sem muito pra contar . Mas em todo caso , para quem não gosta de algo extravagante , esse anime aí é bom >3< .
    E os traços , eu achei normal kkkkkkkk , no mangá que eu acho que os personagens são muito sequinhos USHUHS , o Yamato é um esqueleto no mangá kkkkkkkkk , mas algo que eu amei no traço no mangá , são os olhos *O* , eu adorei aquele estilo da mangaká !

    Até mais >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey!
      Entendo, é porque a história não tem lá muita diferença com outros shoujos, então fica a mesma coisa de sempre. Sim, quem quer algo tranquilo esse é um ótimo anime ;3
      Eu achei no mangá e no anime o traço muito esquisito shausha' Os olhos são realmente lindos *-* Até!

      Excluir
  6. Eu amo tanto Sukitte Ii Na Yo t-t'' Até fiz post pro meu blog acho -q (e ficou enorme acho também, oi memória linda que eu tenho) KLJDSALJDSALJDSKLDJSALKJDA
    Cara, shoujo que não tem clichô não é shoujo, convenhamos KDSAKDSAHPSAIDHASDH mas os clichês desse animê são tão bons. Fica dramático pra cacete uma parte, mas mesmo assim meio que dá a volta e fica (quase) tudo bem no final. Você achou o traço estranho, mas eu achei tão lindo, perfeito e e e efdasdfghjklç~*nem gosto dele, aham* XD
    Bjs Tane-chan!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei, não cheguei a amar, sei lá shuahsa' Normal e.ê
      Concordo huehuehue' Não teve um final em si, mas é pra atrair o pessoal pro mangá e tals -q Saquei, é meio esquisito, os olhos são lindos xD
      Até!

      Excluir

Regras:
- Respeite a opinião dos outros.
- Se tiver errado algo na postagem, pode comentar avisando (:
- Não me venha com "Seguindo, segue de volta?".
- Não comente apenas para divulgar seu blog.
- Pode comentar e colocar o link no final.
- Responderei a todos.
- E por favor, diga o que pensa, opine! ;3