Home About Afiliação? Afiliados Reviews Tutoriais Extras +Follow

06 julho 2014

A Travessia ~ Livro

Título: A Travessia
Autor: William P. Young
Editora: Arqueiro
Nota: 
Um derrame cerebral deixa Anthony Spencer, um multimilionário egocêntrico, em coma. Quando "acorda", ele se vê em um mundo surreal habitado por um estranho, que descobre ser Jesus, e por uma idosa que é o Espírito Santo. À sua frente se descortina uma paisagem que lhe revela toda a mágoa e a tristeza de sua vida terrena. Jamais poderia ter imaginado tamanho horror. Debatendo-se contra um sofrimento emocional insuportável, ele implora por uma segunda chance. Sua prece é ouvida e ele é enviado de volta a Terra, onde viverá uma experiência de profunda comunhão com uma série de pessoas. Na busca de redenção, Tony deverá usar um poder que lhe foi concedido: o de curar uma pessoa. Será que ele terá coragem de fazer a escolha certa?


Heey, neutros! Eu deveria ter postado antes, mas como nunca consigo deixar um post programado e comecei a assistir Sukitte Ii Na Yo - acabei me viciando -, não pude fazer tal proeza shaus' Ah, um rápido aviso, eu dei uma limpa nos meus parceiros e afiliados, então se não estiver mais ali é porque descumpriu alguma das regras. Então, depois de um bom tempo sem trazer qualquer review de livro, hoje irei falar sobre uma história do meu autor favorito. William P. Young. Desde A Cabana, eu me tornei uma grande fã de seu trabalho e bem, sou tão boa fã que nem sabia que ele tinha uma segunda obra e.e Meu pai que me deu, pois achou a sinopse bonita. Eu fiquei agarrada nesse livro uns 4 meses, não porque a história é ruim, mas porque tive que me dedicar a outro livro do colégio -q

Enfim, a história gira em torno de Tony, um cara cheio de dinheiro, egocêntrico, faz tudo por puro interesse e é extremamente determinado a alcançar seus objetivos, mesmo que precise magoar todos a sua volta. Ele foi casado duas vezes, com a mesma mulher, ele a culpava pela morte do primeiro filho. Uma coisa que eu achei muito doentia foi que, Tony, a reconquistou e se casou novamente com ela, apenas para tirar-lhe todos os bens e humilha-lá. Sua outra filha, Angela, tem muita raiva dele, pois nunca teve a presença e o carinho de um pai em sua vida.

Sozinho e bêbado, Tony, sofre um derrame e é levado ao hospital. Quando ele acorda, não sabe exatamente onde está, se depara com um lugar deserto, triste, feio e "morto". Nesse lugar, ele encontra Jesus e o Espirito Santo, que é uma velhinha muito engraçada que prefere ser chamada de Vovó. Ao saber que está quase morto, pede por uma segunda chance e esta é concedida. Tony, é mandado de volta a Terra, mas fica dentro da mente das pessoas, vendo o mundo pelos olhos dos outros.

Durante essa jornada, Tony conhece Maggie, o Pastor Clarence, Molly, Lindsay e Caby (Que é um garoto de 16 anos com síndrome de Down e é o meu personagem preferido). Aos poucos, Anthony começa a enxergar as coisas de maneira diferente e passa a confiar um pouco mais nas pessoas. Mas ele ainda tem que fazer uma decisão que é escolher a pessoa que será curada...

Sim, esse livro tem como tema a religiosidade, mas não é aquele tipo de livro que te obriga a acreditar em tudo nele. Você acredita no que quer e interpreta as os diálogos a sua maneira. Acho que independentemente da sua religião, dá pra tirar algum ensinamento de A Travessia. A história nos mostra situações realmente significativas a respeito da vida. Anthony era o tipo de cara que não acreditava nem confiava em Deus e se você pensa que no final do livro, ele já era um grande seguidor de Cristo, está enganado, pois o próprio livro nos mostra que tudo depende de um processo e não será do dia pra noite que tudo se transformará.

Tem alguns diálogos que eu simplesmente não entendia muito bem, mas fiquei aliviada quando nem o Tony entendia shausha' É um livro que te faz pensar MUITO! Gente, eu nunca fiquei tão apegada a um personagem quanto fiquei com o Caby, mesmo ele tendo aparecido poucas vezes. O final dele com o Tony foi tão triste e lindo que eu chorei ç.ç Mas se você pensa que o livro é apenas tristeza, está enganado, eu ri alto em certas partes, principalmente com a Maggie, ela é muito engraçada <3 Eu amei como o William consegue dar vida e personalidades distintas a cada um dos personagens.

É um livro que te faz pensar em sua próprias atitudes e as consequências que estas podem causar. Nos mostrando que ainda dá tempo de mudar alguma coisa, antes que possa ser tarde. Bem, a leitura é leve, dinâmica e muito gostosa. Igual em A Cabana. Ambos os livros são muito bons, mas meu favorito continua sendo A Cabana u.u/
Enfim, como eu disse, esse livro é independe de qualquer religião e não impõe qualquer regra. É muito bom! Tipo, eu chorei e isso normalmente não acontece! hsuahsa' Eu recomendo pra todos! lol E se você já leu, me diz o que achou -q
Até mais.
Frase mais bonita do livro:
O perdão é o perfume que a violeta espalha sobre o pé que a esmagou. - Mark Twain.

6 comentários:

  1. Amo , quando falam de livros :3
    Achei interessante , porém o livro , não faz meu tipo , prefiro , livros de romance. Apesar de que A Travessia , me chamou a atenção pela sinopse . Quem sabe futuramente , eu não mude de ideia e acabo lendo !!

    Com carinho , Ana ||Pequeno Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duas o/
      De início, eu também achei que não faria meu tipo, mas depois que dei uma chance mudei de ideia shaush' Certo ;3

      Excluir
  2. Yooo,aaahhh saudades de Sukitte ii na Yo,depois de ver o anime acompanhei o mangá >///< lindo lindo,adorei os traços *--------*
    Enfim,confesso que não sou nenhuma degustadora de livros(na verdade não curto muito leituras),e sei que esse é um grande erro que cometo e pretendo corrigi-lo,mas por hora estou tendo que me focar nas leituras obrigatórias(não sendo tão ruins quanto parecem).
    Bom já ouvi muita gente elogiando ''A Cabana'' mas essa é a primeira vez que vejo o nome ''A Travessia'',qualquer dia desses dou uma conferida neles ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey! Já eu, comecei a assistir o anime, por ter lido o início do mangá hsauha' Realmente os traços são lindos *u*
      Tem preguiça? Normalmente, as pessoas não são degustadoras de livros por preguiça. Saquei, eu também já tive que ler um livro por obrigação e não achei ruim ;3
      Certo, espero que algum deles te agrade! Até.

      Excluir
  3. Eu também terminei de ler esse livro recentemente e simplesmente amei!
    É um livro realmente bom que te faz pensar muito em coisas que normalmente são ignoradas. A Vovó acabou se tornando minha personagem favorita. O William consegue dar vida e características únicas a cada personagem, o que faz o livro ser maravilho.

    Rilakkuma Coffee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente muito bom!
      Sim, também penso assim. A Vovó era muito engraçada e sempre falava algo doido hsuahs' Concordo ;3

      Excluir

Regras:
- Respeite a opinião dos outros.
- Se tiver errado algo na postagem, pode comentar avisando (:
- Não me venha com "Seguindo, segue de volta?".
- Não comente apenas para divulgar seu blog.
- Pode comentar e colocar o link no final.
- Responderei a todos.
- E por favor, diga o que pensa, opine! ;3