Home About Afiliação? Afiliados Reviews Tutoriais Extras +Follow

30 junho 2014

Another é Baseado Em Fatos Reais

Heey!
I'm back. Eu consegui sobreviver a essa semana passada e fui bem no Simulado, também depois de estudar tanto eu tinha que ir bem. E ainda acho que fechei o simulado de química, se isso tiver realmente acontecido, eu irei chorar, sério -q Química não é a minha matéria preferida, então tento apenas ficar na média, quanto as outras matérias, foi tudo de boa. A melhor parte disso tudo é que agora eu estou de FÉRIAS!!! Finalmente! Irei ficar duas semanas, apenas assistindo animes e lendo! Então, demorei a postar exatamente por esse motivo, fiquei assistindo animes e lendo hehe'

Bem, mas esse não é o assunto do post. Eu estava olhando alguns sites otakus e acabei me deparando com o post sobre Another no qual dizia que a série era baseado em fatos reais. Eu fiquei, óbvio, muito curiosa (Já que gostei do anime e.e) e li. Posso dizer que me impressionei e não espera que por trás de toda aquela história existisse outra ainda mais macabra e, pior ainda, real. Quando você assisti um filme de terror e vem dizendo que é baseado em fatos reais, a história já passa a ser mais assustadora por esse motivo, mas nunca pensei que isso poderia se aplicar a um anime.

Os Assassinatos
Um dos mais sinistros casos envolvendo crianças psicopatas assassinas ocorreu no Japão. Em 15 de março de 1997, Ayaka Yamashita, de 10 anos, foi encontrada morta em um beco na cidade de Kobe. Ela havia sido espancada até a morte com uma barra de ferro. Três outras garotas foram atacadas na mesma região. Elas descreveram o atacante como um "menino". Um mês depois, em 27 de maio de 1997, um estudante de 11 anos chamado Jun Hase desapareceu na frente do portão do colégio. Sua cabeça foi encontrada 3 dias depois pelo zelador um pouco antes dos estudantes entrarem.
Ayaka Yamashita

Jun Hase
O estudante fora decapitado com uma serra manual e para dar um ar de filme de terror ao assassinato, havia um bilhete dentro da sua boca, escrito com tinta vermelha. O assassino também usou um símbolo de cruz na carta, símbolos semelhantes foram encontrados pintados nas paredes perto da escola primária onde a cabeça foi encontrada. Dois gatos mutilados também foram encontrados do lado de fora do portão principal da escola. Fontes policiais disseram que carcaças de gatos mutilados também foram encontrados perto das duas outras cenas de crime antes que os ataques ocorressem.
O Bilhete encontrado dentro da boca de Jun Hase
"Isto é o começo do jogo... Policiais detenham-me se puderem... Desejo desesperadamente ver pessoas morrendo. É uma excitação, para mim, assassinar. É necessário um julgamento sangrento para os meus anos de grande amargura." Dizia no bilhete.

O assassino assinou o bilhete com caracteres (酒鬼薔薇 聖斗)  que foram traduzidos como "Sakakibara Seito". Esses mesmos caracteres em japonês significam álcool, demônio, rosa, santo e luta. Também pode ser visto no bilhete que o assassino escreve - erroneamente - em inglês "shool killer" (engrish véri gud). Obviamente, ele queria escrever "school killer" (Assassino da escola). Os policiais comentaram que o estilo dos assassinatos e do bilhete encontrado no corpo do menino Hase eram semelhantes ao caso do Assassino do Zodíaco que acontecia em San Francisco.

As Outras Cartas e "Onibara"

Os crimes causaram pânico em Kobe e um mês depois o assassino enviou uma carta ao Jornal Kobe Shimbun:
Carta enviada ao Jornal.
"Estou pondo minha vida em risco por esse jogo. Se for pego, provavelmente serei enforcado... A polícia deveria ser mais tenaz e furiosa na minha busca... Só quando mato sou liberado do ódio constante que sofro e posso alcançar a paz. Só quando causo sofrimento às pessoas que posso amenizar minha própria dor. Em traços largos a carta também atacou, entre outras coisas, do Japão, a educação obrigatória, que me tornou uma pessoa invisível." Dizia uma parte da carta.

Esta segunda carta foi entregue em um envelope marrom carimbado, sem nome e endereço de retorno. Era uma carta de três páginas com aproximadamente 1400 palavras, escrito também com tinta vermelha em caracteres traduzidos como "Sakakibara Seito". O mesmo que também podem ter outros significados.

No pânico inicial, os japoneses traduziram o nome assinado pelo assassino como "Onibara", sendo divulgado inicialmente dessa maneira. O assassino enfurecido pela confusão, escreveu nessa segunda carta: "Obs.: De agora em diante, se vocês... Errarem meu nome, matarei três vegetais por semana... Se acham que só posso matar crianças, estão muito enganados."

A Prisão

Em 18 de junho de 1997. Um estudante de 14 anos foi preso em sua casa, suspeito do assassinato de Hase. Logo depois de sua apreensão, o "menino A" (Como ficou conhecido, para não divulgar seu nome), confessou também o assassinato de Ayaka Yamashita de 10 anos, além do ataque dos outras três meninas naquela mesma época. Ele mantinha um diário onde registrava com detalhes os seus crimes:

"Realizei experimentos sagrados hoje para confirmar o quanto os seres humanos são frágeis. Eu acertei a menina (Ayaka Yamashita) com a barra de ferro quando ela se virou para mim. Acho que bati nela algumas vezes, mas eu estava muito excitado para lembrar o número de vezes....
Esta manhã, minha mãe me disse: "Pobre menina. A menina atacada parece ter morrido." Não há nenhum sinal de que serei pego. Eu te agradeço, Bamoidokishin, por isso... Por favor, continue me protegendo."

Logo após sua prisão, foi feita uma análise e o perfil de sua personalidade é visto como um exemplo clássico de Psicopatia. Ocasionalmente, em uma busca no quarto dele, foram achados milheres de HQs, mangás e animes, chamando a atenção pela falta de restrições etárias, méritos literários ou educacionais, e repletos de cenas jorrando sangue e crueldade. No Japão, existe uma política de limite, onde os adultos devem ser responsabilizados por esse tipo de material, caso estejam em posse dos filhos, exceto quando o conteúdo desses materiais são leves.

Depois do Julgamento

Três anos depois dos acontecimentos, a responsabilidade criminal no Japão baixou de 16 anos para 14 anos em consequência dos assassinatos de Sakakibara. Por ser menor de idade, ele não foi julgado como adulto e seu nome não foi divulgado. Ele ficou conhecido como "Garoto A". Passou 6 anos em tratamento em um hospital psiquiátrico e em 2003, ele foi julgado para ser "curado" de seu sadismo sexual e compulsão para matar. Foi libertado em 10 de março de 2004, aos 21 anos, sua libertação foi anunciada ao público e as famílias das vítimas seriam periodicamente notificadas de seu paradeiro.

A opinião pública contra a sua libertação, realizando um protesto exacerbado para que ele fosse para a prisão. Após o 01 de junho de 2014, assassinato de Satomi Mitarai, que foi cometido por uma menina de 11 anos, cujo nome foi revelado apenas como "uma menina", as discussões para uma futura revisão da lei foram iniciadas. Houve também algumas pessoas que declararam que Seito foi injustamente acusado. Entre eles estavam Shojiro Goto, um advogado especializado em casos de falsas acusações.

A sua liberdade condicional supervisionada durou apenas até o dia 31 de dezembro de 2004. Foi relatado que ele já não era mais obrigado a responder ao seu agente condicional, ele se mudou duas vezes e depois desapareceu. Até mesmo o seu pai afirma que não tem notícias de seu filho desde então e diz que não sabe onde seu filho está vivendo.

Hoje, o "Garoto A" é um homem livre com uma nova identidade. Fontes próximas do caso disseram que o Garoto A costumava ler notas escritas pelas famílias das vítimas e que gostaria de trabalhar para pagar-lhes uma indenização. Aparentemente ele foi curado. Será? Ele pode apenas estar escondido, esperando a oportunidade de voltar com os ataques.

Opinião pessoal:
Eu já ouvi muitas histórias sobre assassinatos cometidos por crianças no Japão. São histórias realmente assustadoras que, muitas vezes, viram fatos que serão usados para basear animes e filmes. Talvez isso seja algum ciclo, pois todas essas crianças que mataram alguém, assistiam séries com conteúdo muito violento (Pelo menos, as histórias que eu conheço tem sempre essa semelhança). Não sei como funciona a cabeça de uma criança japonesa e que tipo de sofrimento ela pode ter tido, mas com certeza essas séries podem ter algum tipo de influencia sobre ela. Ainda mais no Japão, onde ocorre muito bullying nos colégios.

Então, o que acharam do post? Já sabiam disso? Eu realmente não sei se esse "Garoto A" está mesmo curado, eu teria medo dele de qualquer maneira. Só espero que ele continue escondido e não incomode mais nenhuma família, siga a vida dele na paz -q Bem, eu dei uma resumida em algumas coisas, mas se quiserem ler o post completinho deixarei o link dos créditos bem aqui!
Até mais ;3

49 comentários:

  1. Gente, Tane, você me deixou com medo, acho que não vou dormir a noite -qq
    Eu fiquei realmente impressionada com essa história, além do mais, é a história de Another cara *0* To chocada e tremendo, mais ao mesmo tempo eu gostei (vai entender)
    Espero que esse cara tenha se curado e esteja bem longe daqui, beeeeem longe mesmo :v


    Kim | Coisinhas Orientais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa, não foi intencional :v
      Eu também fiquei assim shausha' Quanto mais longe melhor -q
      Até ;3

      Excluir
  2. Okss depois dessa fiquei sem reação '-' gente esse povo Japonês de vez em quando sabe como ser tenso '-'
    Sinceramente histórias desse tipo dificilmente me convencem é algo muito fora da realidade para ser considerado verdadeiro.No entanto,levando em conta a quantidade de histórias com o mesmo enredo que circulam,deve ter sim alguma realidade nisso.
    Bom também não sei como são as crianças japonesas muito menos o cotidiano de lá,talvez seja por isso que não consigo acreditar em histórias desse porte,pois não presencio o modo de vida deles.
    Enfim,só sei que essa história é muito macabra,acredito que talvez o garoto A esteja morto,ou sobre uma forte supervisão que não foi divulgada ao público.
    Curti bastante o post(mas acho que depois disso não vou conseguir dormir hoje de noite) '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes eles são realmente assustadores -q
      Sei lá, acho que por a gente não viver no mesmo ambiente que eles, ficamos com essa impressão de que seja algo muito fora do possível.
      Cara, eu também fiquei pensando que ele possa ter se matado ou algo assim lol Obrigada shausha'

      Excluir
  3. Conheço esse caso, quando estava no japão fiquei espantada de ver essa notícia no TV. engraçado que na mídia não conta detalhe como essas do internet.
    Quando vi essa carta até achei que estava vendo umfilme de terror, mas percebo que existe tanta gente sinistra

    Não esperava que o Another era baseada em fatos reais, agora fiquei com dó desse jovens que morreram de uma forma chocante. X.X
    Tem outro anime que é muito bom, chamado Psychopass que foi baseada em fatos reais.

    p.s.: obrigada por comentário! Sim, uma boa chance para ter experiência na área de DG!!!

    kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você viu na Tv, quer dizer que é mesmo real o.o
      Acho que ele se espelhou em algum filme de terror, sei lá. Já ouvi falar desse anime, irei procurar mais sobre ;3
      De nada <3

      Excluir
  4. Olá, Another é meu anime favorito, nunca tinha me passado pela cabeça que era baseado em fatos reais e nem que esse fato colaborou para diminuir a menor idade penal do Japão. Tipo não sei se ele estar realmente curado, mas acho que ele não deveria ter sido solto ou então deveria ser monitorado 24 horas, vai que acontecer um surto e volta tudo de novo.(rsrs)

    Ah já ia esquecendo te indiquei uma Tag.

    http://reinodosbrigadeirosoficial.blogspot.com.br/2014/07/tag-sem-nome.html

    Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey!
      Another também é um dos meus favoritos e nunca pensei a respeito disso -q Concordo, vai que o lado assassino dele volta de novo. Tenso o.o
      Obrigada, farei assim que possível ;3

      Excluir
  5. AAAAAAAAAAAAAAAA mds que medoo '-' Another me fez ter medo até de barcos e você me mostra isso T^T kkkk amei o blog -seguidora nova- criei um agora. Já sigo ok?
    cadernodeanimees.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haushau' Desculpa q
      Obrigada por seguir! Boa sorte com seu blog ;3

      Excluir
  6. Assustador. Shool killer kkkk morri- que burro, dá zero pra ele -parei kk
    Bjs http://wh-graymoon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não ri do Garoto A, ele pode ir atrás de você e.e shuasha' Parei -q

      Excluir
  7. #NOSSASENHORADACOMPARECIDASANTA.......
    Então Another é baseado em fatos reais!!
    Meu Deus, preciso ir na lojinha de bonecas da mãe da Misaki....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SHAUSHAUS'
      Eu morro de medo dessa loja ç.ç

      Excluir
    2. Tane realmente essa é muito macabra , da um puta medo, agora imagina morar lá kkkk. OBS: Se conhecer um site que eu posso conversar sobre animes me indique pf.

      Excluir
    3. Morar lá deve ser mil vezes pior! Um site ótimo de anime é o Social Spirit, dá pra fazer vários amigos lá e conversar sobre animes com eles.

      Excluir
  8. Estes casos estão sempre a me assustar... Apesar do Japão ser bem mais seguro que o Brasil, casos assim me deixam com o pé atrás; apesar de me deixar com cada vez mais sede pelo que causa isso... z.z

    O que entendi foi que o ensino lá deve ser rigoroso, e ele ficou preso a isso. Talvez suas notas não fossem boas (ou fossem boas demais) e ele só fosse reconhecido por isso, sendo "invisível" quando se tratava de si mesmo.

    Mas parabéns pelo post, realmente uma curiosidade que eu não sabia...
    Continue com o bom trabalho ^oo^
    My Dear...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu fico ainda mais espantada quando envolve meninas, sei lá. O Japão até pode ser mais seguro, mas há muitas restrições e cobranças com as crianças, pelo menos é isso que eu acho. Pode ser, não conta muito sobre a história do garoto ou o que pode ter levedo ele a fazer aquilo -q
      Obrigada <33
      Até!

      Excluir
  9. Que sinistro '-'
    Another é um dos melhores animes que já assisti e agora com isso, passa a ser um dos mais assustadores. Mas, mesmo assim o post foi ótimo. Até o/

    Rilakkuma Coffee

    ResponderExcluir
  10. Ótimo post~! \o\

    Se bem que não tem tanta ligação com o anime, claro. :v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! -q
      Na verdade tem, se você pensar um pouco, o "Garoto A" se sentia invisível no colégio. Logo, em Another tinha o aluno que era ignorado também. Não tenho certeza, mas o anime pode ter sido feito a partir desse raciocínio :v

      Excluir
  11. Gente O-O Nunca passou pela minha cabeça que o anime foi baseado em fatos reais.

    Hauhauahuah "Shool Killer" :v Sabia que estava faltando um "C" ali... Parei U-Ú vai lá saber se ele vê e vem atrás de mim,né? -qqqqqq

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. shausha' É uma curiosidade muito legal, eu também não sabia antes de pesquisar sobre -q
      Melhor nem brincar hsuahs' e.e

      Excluir
  12. Eu gostei muito do seu post..... li que nem percebi rsrsr

    Mas em another tem o garoto que foi estudar no colegio onde Misaki morreu (acho que e esse nome ) e tem tambem a Misaki..... o que eles tem a ver com fatos reais? E acho que os japones se inspiraram nesse moço para criarem a Yuno :v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado ;3
      Ah, isso eu realmente não sei. Talvez tenha mais a ver com as mortes e tals do que com os próprio personagens hsuasha' Também acho :v

      Excluir
  13. Eu realmente não sabia disto...
    Um amigo meu me contou que era baseado em fatos reais então fui pesquisar historia realmente assustadora...
    Pra quem não sabe a referência da menina que foi assassinada estar relavionada a personagem Reiko que foi tia do personagem Sakakibara....
    Tenso.... Eu já achava assustador falso RM história real piorou...
    No entanto mesmo assustado com a historia eu tenho vontade de pesquisar cada vez mais a respeito do anime e das histórias querendo saber mais a respeito e.e
    Parabéns pelo post ficou ótimo ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também só fui saber quando pesquisei sobre, é claro que a produtora nunca iria relacionar o anime à esses casos.
      Boa sorte nas suas buscas saushau'
      Obrigada ♥

      Excluir
  14. mas o que isso tem haver com o anime? nada haver essa HISTORIA VELHO....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O anime é apenas BASEADO na história, não uma cópia...

      Excluir
  15. tipo cara ficou foda essa historia ai mas não teve nada haver com o anime muito não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse no comentário acima, o anime é apenas baseado, pequenas coisas estão relacionadas com esse crime..

      Excluir
  16. mas o que isso tem haver com o anime? nada haver essa HISTORIA VELHO....

    ResponderExcluir
  17. Alem dessa onda de assassinatos, houve também um caso ocorrido em 1989, quando a policia japonesa prendeu um maniaco-homicida acusado de violentar sexualmente e depois matar quatro crianças com idades de 4 a 7 anos e que chocou o pais.

    Anos depois, ele foi sentenciado a morte sem direito a apelação, mas isso não evitou que mais crianças e adolescentes japoneses fossem mortos. Agora, uma jovem adolescente japones cometendo assassinatos ? È a primeira vez que eu vejo isso. Onde é que os nossos jovem irão parar afinal ? Deus os proteja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sabia dessa história, que horror :O
      Assassinos sempre irão existir, em qualquer lugar do mundo. Nunca se sabe o que passa na cabeça de outra pessoa, mas é preciso rezar por proteção mesmo.

      Excluir
  18. que historia maravilhosa
    Adorei essa coisa que acabei de ler
    isso me motiva a fazer algo que eu sempre quis fazer novamente
    assistir another pela segunda vez

    ResponderExcluir
  19. que historia maravilhosa
    Adorei essa coisa que acabei de ler
    isso me motiva a fazer algo que eu sempre quis fazer novamente
    assistir another pela segunda vez

    ResponderExcluir
  20. que historia maravilhosa
    Adorei essa coisa que acabei de ler
    isso me motiva a fazer algo que eu sempre quis fazer novamente
    assistir another pela segunda vez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase pensei que você fosse um maníaco shauhsauh'

      Excluir
  21. um dia estava falando com minha amiga (OWO) sobre another, ai eu falei - imagina que loucura se fosse baseado em fatos reais. E ela - ia ser uma loucura!. ai eu me deparo com isso. Obs: nunca gostei de Guardas-Chuvas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita O.O
      Também evito guarda-chuvas sempre que dá agora

      Excluir
  22. Oi, é possivel isso acontecer d novo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Possível é, mas tomara que não aconteça.

      Excluir
  23. Eu assisti o anime,mas eu não vi nada que associasse a história verdadeira;-; a não ser as mortes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que eles se basearam mais nisso mesmo -q

      Excluir
  24. Another é mesmo um anime muito bom e creepy, agora quem diria que a história por trás é ainda pior? Parece até o filme A Orfã, onde o caso real foi mesmo muito pior que no filme. No anime as coisas ficam um pouco parecidas com a história só no fim mesmo, onde tudo desanda e parece um Battle Royale (só que realmente impactante e terrível, diferente do filme que detestei e o livro foi decepcionante). Fora que Another ainda deve ganhar uma sequência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei impressionada quando li sobre essa história por trás. Verdade, o final foi a melhor parte, morro de vontade de assistir de novo -q Tomara que receba uma sequência mesmo, seria foda!

      Excluir
  25. ñ sei se o caso foi exibido no brasil na epoca via tv, jornal de papel, radio,... mas enfim e o pior de tudo: ele sequer foi julgado e nem nada e esta livre... depois falam mal do nosso pais e se acontece um caso desses aqui e o sujeuto silivre pela porta da frente... aiaiaia o mundo acaba com ctz.

    ass: Heriberto - Osasco - SP

    ResponderExcluir

Regras:
- Respeite a opinião dos outros.
- Se tiver errado algo na postagem, pode comentar avisando (:
- Não me venha com "Seguindo, segue de volta?".
- Não comente apenas para divulgar seu blog.
- Pode comentar e colocar o link no final.
- Responderei a todos.
- E por favor, diga o que pensa, opine! ;3